Mundo mundo vasto mundo: Foz do Iguaçu

Depois do sucesso (nenhum) do post com meu roteiro pra Portugal, resolvi fazer um com tudo o que eu fiz em Foz do Iguaçu – é pura preguiça, pois aí quando algum amigo pedir dicas eu só envio esse link. rs

Até a pandemia, eu estava pegando folga/férias sempre no meu aniversário para viajar e isso tinha se tornado uma das minhas coisas preferidas pra fazer. Mas aí veio o covid e deu tudo errado (e pra quem não deu?). Então pensa na minha alegria quando eu consegui viajar nesse ano no meu aniversário (em abril)!

Escolhi Foz do Iguaçu por alguns motivos: 
1. viu como tava o euro? sem chance; 
2. é um local que eu queria muito ir há um tempo; 
3. teria menos de 1 semana de folga, então tinha que ser um local "perto".

sim. eu sei que você pensou no pica-pau nas cataratas rs

Pra começar, vou já deixar avisado aqui que eu fechei o pacote de passagens + hospedagens direto pela Decolar. Eu não costumo fazer isso, gosto de pesquisar tudo separadamente, mas neste caso ficou mais barato pois um dos hotéis escolhidos (fiquei em 2) sairia muito muito caro se fechasse por conta. Mas já explico. rs

Outro ponto só pra deixar registrado: meu embarque foi numa sexta-feira a noite e foi, de longe, o pior voo da minha vida! Estava uma chuva enorme em Foz e meu voo não conseguiu pousar. Pegamos muitas turbulências, o avião arremeteu, tentou pousar em Curitiba (não conseguiu) e teve que voltar pra Guarulhos. Tudo o que eu tava tentando fazer era não vomitar... 

O mesmo voo ia retornar pra Foz pouco depois de ter pousado em Guarulhos, mas eu optei por desembarcar e pegar o seguinte (eu ia mesmo vomitar, cêis não tão entendendo), que só iria decolar às 6h da manhã. Passei a madrugada no aeroporto, mas o voo (esse das 6h) foi muito tranquilo e cheguei em Foz por volta das 8h.

Tudo certo, tudo feito, o primeiro hotel que eu fiquei foi o Bogari e eu o escolhi pois todos os passeios que queria fazer saíam em frete a ele. Na verdade, a própria agência onde eu fechei os passeios tem um ponto de venda/informações no hall do hotel, então ali mesmo eu peguei os ingressos das atrações. Facilitou demais a minha vida, ainda mais depois de todo o caos que foi o voo.

Vou fazer uma propaganda aqui, mas gratuita (eu não ganho nada; nem vocês ganham desconto pq esse não é blog de sucesso hahah): a agência é a Loumar Turismo. Foi com eles que também fechei traslado do aeroporto pro hotel e na época em que fechei isso e os passeios eles tavam cheios de descontos que valeram a pena.

Passei 3 noites (na verdade 2, pois uma eu perdi por causa do voo – mas tomei o café da manhã quando cheguei haha) no Bogari e os passeios que fiz nesses dias foram:

Tour por Foz
Esse sai a tardinha (umas 15h) em frente ao hotel e ele passa pelo Templo Budista; pela Mesquita (e aqui ele vai parar numa doceria que vende um bolo de açafrão que é MUITO bom!!!) e depois segue até o Marco das Três Fronteiras.

Eu achei o passeio ao Marco das Três Fronteiras bem chatinho pra ser sincera. Estava muito cheio, não conseguímos ver nada das danças/apresentações, a comida era cara (comi um choripan caro e que nem tava tão bom assim) e quase não dava pra tirar fotos de tantaaaaa gente.

Falando em fotos, em todo lugar, TODO LUGAR, vão ter aqueles fotógrafos que tiram uma foto sua na entrada e depois tentam te vender a imagem quando você tá saindo. Odiamos todas (compramos todas). 

Inclusive, eu achei que no Marco das Três Fronteiras você conseguia pisar nas 3 fronteiras, mas não dá por motivo de: rio. Devia ter pesquisado antes... kkkkkkcrying 

o bolo de açafrão (saudades) e a gente no marco das 3 fronteiras lutando por uma foto aí

Itaipu Binacional
Esse foi um passeio que eu fechei achando que seria chato, mas eu gostei MUITO! Acho que existem 2 tipos de passeios que você pode fechar: o panorâmico (que eu fiz) ou um outro que você entra na Usina (esse eu li alguma coisa de que não pode ir de short, por exemplo, mas não lembro bem).

O que eu fiz você pega um bus e vai ouvindo toda a história da Usina, podendo descer em algumas partes pra ver/tirar fotos e aí pega o ônibus seguinte.

A gente fez esse passeio no domingo depois do almoço e passamos a tarde por lá, sem pressa – nem tava cheio também, o que foi ótimo, deu pra ver tudo com calma e podendo tirar fotos sem turistas em volta. rs


City tour pelo Paraguai
O passeio pelo Paraguai tem algumas "questões":
- tem o city tour pela Ciudad Del Est;
- tem o passeio só pra fazer compras;
- tem o que junta os dois. rs

Eu acabei optando pelo de dia inteiro, pois achei que na parte da tarde teria como andar pela cidade. Spoiler: todos os guias NÃO recomendam isso. Se você quiser ficar a tarde pela cidade, eles indicam que você fique apenas dentro dos shoppings e já te falam qual o "shopping certo" para o que você quer comprar (roupa, eletrônicos, cosméticos etc.).

Sou uma pessoa de compras? Não.
Voltei com chá e chocolate. hahaha

Mas a parte da manhã, pela cidade, foi beeeeem legal. O passeio começa pela Catedral San Blas (é em formato de barcoooo!); depois passa no Museu El Mensú; pausa pra comer; e aí segue pro Salto Monday (a parte paraguaia das Cataratas), onde você vai andar pra ver as quedas. Cuidado que tem MUITO degrau, é meio puxado pra descer e subir, já aviso que se você for como eu, vai ficar morrendo depois.


Cataratas do Iguaçu
Antes de entrar no passeio principal dessa viagem, deixa eu contar que neste momento eu saí do Hotel Bogari e fui ter 2 noites fingindo ser rica no Belmond - Hotel das Cataratas.


O Belmond é da mesma rede que comprou o Copacabana Palace e é muito chique. Mesmo! Nível: eu cheguei e tinha uma almofada na minha cama com a frase: "Feliz aniversário, Vitória" bordada (levei na mala? sim). Chique nível²: quase todos os hóspedes eram gringos. 
Enfim... Vivi como se não tivesse que pagar a fatura do cartão já na semana seguinte.

Esse hotel fica dentro do Parque das Cataratas, então o hóspede pode entrar nas Cataratas quantas vezes quiser e só vai ter que pagar um ingresso (que vai ser cobrado ao final da hospedagem). Além disso, a entrada para a trilha das Cataratas fica atravessando a rua do hotel e o hóspede pode ir ANTES do parque abrir (pega tudo vazio).

Na real, do próprio hotel você já tem essa vista:


Um sonho?
Um sonho!

Eu fui nas Cataratas exatamente no dia do meu aniversário e dividi o dia em 3 (rs): 
– de manhã fizemos a trilha pelas Cataratas, a caminhada completa, entrando naquela ponte pra se molhar toda; 

– de tarde fizemos o passeio no Macuco Safari, que é o passeio de bote – ele realmente se enfia debaixo de uma das quedas, mais de uma vez. Entrou água no meu nariz e tudo (hahaha). Se você for fazer esse passeio, uma dica: fique na segunda fileira do bote pra sair no vídeo que eles vão querer te vender na saída. rs Outra dica: leva uma muda de roupa extra.
– a noite eu jantei no Restaurante Itaipu, que fica dentro do hotel e foi tudo muito muito muito bom (entrada de tartar de lagosta, sente o nível). Eu não fiz reserva, mas recomendo fazer pq só consegui mesa por motivo de: eu janto cedo então tava vazio. hahah

No outro dia eu já fui embora, triste triste. hahah
Eu viajo bastante (teria viajado mais se não fosse o coronga) e achei essa viagem pra Foz uma das melhores da vida! Se um dia eu voltar pra Foz, quero ir só nas Cataratas (e comer o bolo de açafrão). Só isso já vai fazer valer o passeio. rs

Recomendo! 

0 pessoas viram:

Postar um comentário

>>