Constância é melhor do que velocidade

Esse é um texto que eu tô remoendo desde o final do ano passado, pois essa é uma frase que eu tenho repetido desde setembro quase como se fosse um mantra: constância é melhor do que velocidade. E é engraçado que eu só tenha parado para terminar essa postagem depois de uma semana em que eu não consegui manter nem a constância, nem a velocidade, nem a organização básica da minha vida. rs


Eu tenho repetido essa frase quando erro todos os exercícios de francês depois de ter acertado 5 questões; repito quando me sinto muito insegura pra mais uma aula de conversação; repito quando não quero me alongar apesar de estar com o ombro travado no final de um dia sentada toda errada na cadeira...

Eu repito isso nos dias em que olho pra minha lista de planos a longo prazo e enquanto lavo a louça pensando que dinheiro não traz felicidade, mas que às vezes eu queria estar chorando em Paris (só preciso aprender a falar o idioma direitinho antes de resolver chorar na frente da Torre Eiffel).

Quando eu tinha 20 anos eu achava que a vida adulta, de um dia para o outro, seria como todas as histórias com mocinhas morando em NY e sendo bem-sucedidas antes dos 25. Mas agora que passei dos 30 eu nem entendo mais porque eu parecia tão apressada nessa época. Se eu soubesse tudo que iria acontecer eu teria relaxado um pouco mais.

Pra se ter uma ideia, eu achava que 23 anos era uma idade ótima pra se casar e pareceu o fim do mundo quando isso não deu certo. Faço 33 anos no próximo mês e fico feliz de não ter me casado naquela época (nada contra se você se casou nessa idade, mas pra mim não teria funcionado não. ou teria, não sei. Aslan disse que "a ninguém jamais se diz o que teria acontecido". enfim...). 

Nesse um ano de pandemia, eu tenho pensado demais. Quando voltava pra casa depois de um dia no escritório, pensava em nada, só ia prestando atenção pra não ser atropelada ou tentava lembrar se tinha pão em casa... Mas agora eu fico o tempo todo remoendo alguma coisa ou surtando pq tá morrendo mais de mil pessoas todo dia – ou desejando logo minha dose de vacina.

E de todas as coisas em que eu fico pensando, a frase: "constância é melhor do que velocidade" aparece em destaque na minha cabeça. Acho que só assim eu tenho conseguido não pirar ou não ter começado a beber pois a cada dia é mais difícil ler as notícias desse país estando 100% sóbria. Porque são nos dias em que tudo dá errado que eu preciso me lembrar de que não estou numa corrida de 100m, mas que posso ir com calma, fazendo meu ritmo e parando de vez em quando pra descansar no meio da estrada. 

São em semanas como a última que eu tive, que não consegui fazer nada direito ou completei tarefas, que eu preciso respirar e aceitar que a vida é assim, tem hora que tá tudo um caos mesmo e paciência. Esses dias passam e aí chegam segundas-feiras em que eu passo 12h trabalhando e dou conta de TUDO que tinha planejado, desde trabalhar até postar no blog, passando por uma aula, um freela e um limpeza com aspirador de pó na casa que tava toda suja.

Constância é melhor do que velocidade.
Mesmo que essa constância, às vezes, dê uma travada, uma tela azul, um ERROR404...
Devagar a gente consegue.

(tomara)

2 pessoas viram:

  1. Tomara! Vou adotar esse mantra também, porque estou bem devagar ultimamente. Ótimo texto!

    ResponderExcluir
  2. Mais um texto que me representa, apesar de eu ter casado aos 30!

    ResponderExcluir

>>